Para Ler, Ver e Ouvir!

terça-feira, 2 de julho de 2019

O Que Há de Novo em Séries #24 – Jane the Virgin

Uma trama leve, descontraída e carismática. É assim mesmo que defino a série Jane the Virgin. Tudo bem que eu tenho um histórico de assistir diversas produções que nem são exatamente imperdíveis, mas a verdade é que nenhuma me cativou tanto recentemente quanto esta trama inspirada em uma novela venezuelana. Na hora de escolher a série pra assistir, eu dei uma olhada na história e fiquei um pouco com o pé atrás. Mas a série consegue brincar com uma história bizarra sem levá-la a sério demais. Por isso recomendo hoje em #24 Jane The Virgin no O Que Há de Novo em Séries.

Para quem não conhece, a trama gira em torno de Jane Villanueva (interpretada por Gina Rodriguez), uma jovem latina que decide casar virgem após fazer uma promessa a sua avó. Contudo, em uma visita ao ginecologista, ela acaba sendo artificialmente inseminada por engano, ficando grávida sem querer. Noiva de outro homem, ela precisa então lidar com o fato de estar esperando um filho imaculadamente. No enredo latino original, a mocinha passa por altos e baixos até descobrir o que se passa, mas na série, tudo anda super rápido e sem muita preocupação de explicar ou estender o drama em excesso. Ela está grávida e ponto. A virgindade é só uma peculiaridade que serve de ponto de partida para as consequências de algo tão inesperado.

Comecei a acompanhar a série pelo canal Lifetime e desde então Jane é uma das séries que ainda está em produção que acompanho regularmente. A história de Jane The Virgin é surreal e bastante improvável, ainda assim, funciona. Especialmente se você não exigir demais dela e se deixar levar por suas consequências.

Jane the Virgin

Outro ponto muito positivo da série é a escolha do elenco. Gina Rodriguez tem um carisma incrível, com expressões que poderiam ser caricatas mas cabem perfeitamente.Na verdade, se não fosse feita com cuidado, tudo em Jane poderia soar caricato. A questão é que o roteiro é tão ágil e bem desenvolvido que consegue usar essas caricaturas a seu favor. Uma prova disso é que temos Jaime Camil, ator que estrelou A Feia Mais Bela, como um dos destaques. Fazendo uma espécie de versão de si mesmo, Rogelio é uma estrela de novelas com um ego do tamanho de seu carisma.

Uma das melhores coisas em Jane the Virgin é a presença de um narrador que ajuda a dar o tom da história. Chamado de ‘latin lover’ em sua descrição, o narrador funciona como uma espécie de consciência da protagonista e isso cria situações inesperadamente divertidas. Sabe quando você ficou esperando alguém ligar e fez festa mentalmente quando o telefone tocou? O narrador serve para externar essa alegria e tem momentos impagáveis.

Por isso corre pra ver, a série está disponível na Netflix Brasil também. Até mais!
SHARE:

Um comentário

  1. Ahhh. Amo essa série. Ainda não acompanhei a última temporada. Bela resenha.
    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir

Blog Layout Designed by pipdig