Para Ler, Ver e Ouvir!

sexta-feira, 26 de julho de 2019

Filme #117 – Meu Cachorro Skip (My Dog Skip, 2000)

Toda família precisa de um otimista.

1942. Willie mora numa cidadezinha do Mississipi e seu único amigo é o vizinho que, mais velho, foi convocado para a guerra. Tímido, Willie sabe o quanto é difícil fazer amigos e crescer. Mas sua vida muda quando, ao fazer 9 anos, ganha de presente Skip, um simpático cão terrier. Baseado na história real de Willie Morris.

O ano é 1942, com a Segunda Guerra Mundial devastando a Europa. Enquanto os aliados salvam o Mundo Livre da ameaça nazista, Willie Morris (interpretado por Frankie Muniz) vive isolado do resto do mundo. Tudo o que este tímido garoto deseja é um amigo. Afinal aquele que ele considera seu único e verdadeiro amigo Dink Jenkins (interpretado por Luke Wilson) se alistou no exército e está prestes a embarcar para a Europa. Em casa Willie vive dividido entre o pai linha dura (interpretado por Kevin Bacon) e a compreensiva mãe (interpretada por Diane Lane), que percebe a carência do filho. Um presente muda a vida de Willie; ao completar 9 anos, ele ganha o cãozinho SKIP, que além de amizade, lhe dá mais segurança, se aproximar da garota mais bonita de escola e provar seu valor.

Meu Cachorro Skip (My Dog Skip, 2000)

Lançado em 2000, com direção de Jay Russell, baseado na memória do autor Willie Morris, nativo do Mississipi, Meu Cachorro Skip que lembra como foi crescer em meados dos anos 40 com seu cãozinho foxterrier, companheiro de sua infância, adolescência e juventude. Se crescer não é uma tarefa fácil, ter a companhia de um cachorro com certeza facilita um pouco as coisas. Nesse filme vemos Willie se transformar: antes tímido e isolado, vê sua vida melhorar muito depois que o companheiro Skip, um cachorro da raça jack russell, chega. É um filme emocionante, dos que abordam o tema de amizade entre cães e homens, "Meu Cachorro Skip" se destaca. Um longa especial, que nos comove profundamente e relata de forma muito verdadeira a amizade que pode se estabelecer entre nós e os cães.

Moose (o cão)
Skip foi interpretado pelo cãozinho Moose (1990-2006). O cãozinho foi adotado por Mathilde de Cagny quando seus antigos donos decidiram se desfazer dele porque Moose era muito arteiro e vivia causando problemas. Quando ele matou o gato do vizinho, seus donos decidiram passá-lo adiante ou entregá-lo a um canil. Mathilde o adotou e o treinou. Seu início como "ator" foi em um comercial da Loteria Estadual na Califórnia. Ele foi visto pelos produtores da série “Frasier” na qual "atuou" por dez anos. O cãozinho faleceu em 2006.

Meu Cachorro Skip é o sonho de toda criança que quer ter o seu primeiro melhor amigo de quatro patas. Skip foi com certeza a inspiração de muitas crianças que sonhavam em voltar do colégio e ter um peludo esperando na porta de casa, ou de ir na padaria e ter aquele pequeno cachorro o acompanhando. Um conto de fadas dos apaixonados por cães. O filme também ganha pontos por sua leveza e delicadeza em contar os pontos fortes e fracos de crescer com um animal, assim como o respeito e o companheirismo que devem permanecer mais fortes do que qualquer obstáculo. A cena final do filme é uma das mais emocionantes que eu vi quando era mais novo. É uma história inesquecível que vocês vão indicar pra todo mundo e nunca vão cansar de assistir. Recomendo!
SHARE:

Nenhum comentário

Postar um comentário

Blog Layout Designed by pipdig