10 Marcas Que Marcaram Minha Vida Escolar - O Planeta Alternativo

terça-feira, 2 de julho de 2019

10 Marcas Que Marcaram Minha Vida Escolar

Minha vida escolar! As vezes sinto saudade daquele período, outras vezes dou graças a Deus por ter passado aquilo tudo e sobrevivido (hahaha). Acho que a melhor parte da vida escolar era quando ia iniciar as aulas, era um misto de raiva, medo e frustração pelas férias terminarem e alegria e entusiasmo por comprar os materiais escolares novos, como cadernos, agendas, canetas, lápis, etc., coisas que usamos no dia a dia na escola. Eu nunca comprava, sempre minha mãe ia com a listinha de itens e comprava. Eu ficava em casa roendo as unhas esperando.

Hora de abrir o livro das memórias

Algumas dessas marcas utilizadas no decorrer dos anos de ensino fundamental e ensino médio marcaram minha vida. Por isso resolvi fazer essa lista bem carregado de nostalgia.

1. Smilinguido

Smilingüido é um personagem criado por Marcia d'Haese e Carlos Tadeu Grzybowski (conhecido como Carlos "Catito" nos demais livros que escreveu) que retrata a vida em comunidade em um formigueiro. Smi, como é chamado pelos amigos, é uma formiga bastante ativa que interage com seus amigos e com a natureza ressaltando os valores cristãos em todas as suas atividades.

A Turma do Smilingüido foi criada para auxiliar na formação do caráter de crianças de uma forma lúdica e divertida. A marca conquistou corações de crianças, jovens e mulheres, que se mantêm fiéis há anos. As formiguinhas protagonizam tirinhas, livros, filmes e videogames cujos direitos de distribuição pertencem exclusivamente à Editora Luz e Vida, de Curitiba.

Minha mãe sempre gostava de comprar suas agendas, cadernetas, jogos e outros materiais de papelaria sempre com a marca Smilinguido. Foi assim que a marca entrou na minha vida. 

A preferência pela marca era muito pelas mensagens e valores cristãos estampados em capas de caderno, páginas das agendas e outros. Cheguei a usar vários cadernos escolares das formiguinhas cristãs...

O que me leva então a Credeal...

02. Credeal

É isso mesmo, a Credeal - maior fabricante de cadernos do Brasil, está também nessa lista. Credeal é uma empresa brasileira, sendo a maior fabricante da América Latina e a quinta maior fabricante do mundo, exporta para mais de 25 países. A marca prega que movimento é vida. E a vida é rápida como um folhear de páginas de caderno. Com a Credeal você acompanha o ritmo do mundo e aprende porque vale a pena.


Esse antigo logotipo com o fundo vermelho da marca é nostálgico,  foi o período que mais utilizei cadernos deles. Tem ainda a Linha Smilinguido, cujo personagem principal é a "formiguinha" que traz sempre uma série de mensagens religiosas nas capas dos cadernos. No caso específico desta linha, os cadernos univ. capa dura vem acompanhados de um porta-retrato emborrachado, com aplicações do design característico do Smilinguido. Na época, uma novidade até então jamais vista em cadernos. A ideia da Credeal foi justamente esta, não apenas agregar valor aos cadernos e oferecer produtos que comprovadamente fazem parte do mundo dos jovens, mas principalmente, inovar.

Os cadernetas ''Tome Nota'' que eu sempre gostei de comprar e utilizar. Sempre gostei de fazer anotações, então desde sempre tenho comprado e feito rabiscos, anotado informações que acho necessárias. Se bem que nessa era do smartphone, o meu bloco de notas tá lotado. Olha só, quanta diferença!







Sigamos...


03. No Stress

A marca No Stress já está há um bom tempo no mercado, apresentando mais do que um conceito, No Stress é um estilo de vida. Às vezes, porém, é difícil viver apenas os bons momentos da existência. Restam os momentos de relax, que podemos captar com clareza e satisfação. Os produtos NO STRESS nasceram da necessidade do público em levar consigo uma lembrança dos momentos.

Exemplo de caderno escolar da marca ''No Stress''


Um dos produtos que pude usar foi o de material escolar. Minha mãe me presenteou com um estojo, caderno e uma agenda na época. Sempre fui uma criança considerado estressado, minha mãe justificou isso quando me trouxe o material. rsrs

A marca tem uma preocupação muito bacana com o cuidado ao meio ambiente. O meio ambiente é, sem dúvida, a principal preocupação do ser humano. Mas é devido exatamente às mudanças que o homem vem realizando ao longo do tempo, para trazer maior conforto, e maior qualidade de vida, à sua existência, que o meio ambiente vem sofrendo. Vítima direta, e sem formas de se defender, o planeta inteiro é atingido.

Através da conscientização ambiental, podemos mudar este quadro. E uma atitude, por mais simples que possa parecer, faz a diferença. Acredite. Antes de ser um gesto de sobrevivência, cuidar do meio ambiente é um ato de amor. Ame o planeta.


04. Faber Castell

A mais moderna oficina de marcenaria de Kaspar Faber, fundada em 1761 nas cercanias de Nuremberg, cresceu e transformou-se em um grupo internacional, que emprega hoje mais de cinco mil colaboradores...

Usei e uso ainda muitos lápis deles. Quem nunca usou uma caneta dessa empresa? A Faber-Castell tem a caneta esferográfica de diversas opções de cores e modelos que podem receber a sua marca em uma ou mais cores, inclusive com personalização do corpo da caneta. Tem também os apontadores com depósito Faber-Castell mudam aquela ideia antiga de que um apontador não tem espaço para personalização. Uma grande inovação na época.

E precisamos falar sobre os lápis de cores... Quem não fica encantado com uma caixa de lápis de cor? As cores e a qualidade da Faber-Castell, associadas à sua marca, são sucesso com todos os tipos de público. Na minha época era muita ostentação usar os lápis de cores.

Foram as poucas vezes que pude usar alguns produtos da Faber-Castell, até por ser mais caro que outras empresas, mas nas vezes que usei eu pude apreciar muito e sentir a diferença das outras.


05. Trick Nick

Diversão e estilo na hora de vestir. Com um jeito único, confortável e descolado de vestir e se expressar, a Trick Nick traz para a cada geração estilo, diversão e modernidade.

A marca garante atitude ousadia para os fashionistas que celebram os momentos com energia e muita criatividade. A Trick Nick conta com grande variedade de roupas para o público infantil.

Mas o que me marcou mesmo da marca não foi sua coleção de roupas, foi a revistinha que recebíamos todo mês em casa para quem era cadastrado no site da empresa. Ainda hoje eu tenho algumas revistinhas guardadas com quadrinhos dos personagens Trick & Nick que dão nome a marca. 




06. Bic

Bic é uma empresa francesa com sede em Clichy. Fundada em 1945, é conhecida por fabricar produtos à base de plásticos, incluindo isqueiros, canetas, aparelhos de barbear, pilhas mas também caiaques.

O Brasil é o segundo maior mercado da empresa, tanto em volume de vendas quanto em faturamento, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. São vendidas cerca de 400 milhões de canetas esferográficas por ano. Também produz e comercializa produtos de barbear (lâminas, aparelhos e produtos cosméticos para o barbear), pilhas e baterias, materiais escolares diversos (como lápis, colas e outros), e também produtos náuticos como veleiros e caiaques.

Ainda uso e recomendo os produtos Bic. Os preços são mais acessíveis comparado a sua concorrente Faber-Castell também. Foram diversos produtos utilizados da marca. Acho que os mais memoráveis são o lápis verde e a caneta esferográfica de várias cores com tubo azul. 






07. Tilibra

Líder no segmento de papelaria, há 90 anos a Tilibra escreve uma história de valor na cidade de Bauru, interior de São Paulo. Além da produção de Material Escolar e Produtos de Papelaria, a empresa também é destaque no mercado de agendas e de produtos inovadores para casa e escritório. Seus produtos podem ser encontrados nas mais diversas papelarias, supermercados, atacadistas e grandes varejistas do Brasil.


Assim como a Credeal, a Tilibra traz seus cadernos com muito estilo. Usei e ainda uso muito também cadernos, agendas da marca. Tanto que meu caderno da faculdade é da Tilibra, da linha BOB BURNQUIST, o skatista mundial. Ótima marca e ótimos produtos. 

08. Converse

Mundialmente conhecida por seus tênis da linha All Star, a Converse é referência na produção de calçados casuais para os mais diversos estilos, tanto femininos quanto masculinos. O maior foco da empresa, que já passa de um século de existência, é oferecer aos seus usuários o máximo em conforto durante todas as etapas da vida, inclusive a infância, com a linha “Meu Primeiro All Star” para os pequenos. Os tênis da Converse não só ditam tendências como já foram símbolo de uma época. É difícil pensar nos anos 70 ou 80 e não imaginar um All Star vermelho, preto ou azul (como aquele da música do Nando Reis) nos pés. É realmente incrível o número de possibilidades de looks que se pode ter com um produto Converse. Se você é um andarilho urbano e quer sair por aí com o melhor estilo, do mais clássico ao mais moderno, provavelmente você precisa de um All Star.

Comecei a usar All Star da 5a série do ensino fundamental até meu último ano no ensino médio. Todos usavam, apesar de que não fazia parte do uniforme oficial da escola. Acho que a diretoria fazia vista grossa para o all star, pois todos na escola usavam. E na época eu curtia bastante. Isso me faz lembrar que eu preciso comprar um novo, pois não uso um há anos.



09. Foroni

Já falei da Credeal, Tilibra, e agora outra grande marca de cadernos que esteve presente na minha vida escolar foi a Foroni. Desde sua fundação, a Foroni concentrou-se em produzir produtos de qualidade. Para eles, a qualidade é poder ter a liberdade de criar e produzir os melhores produtos com tecnologia avançada e respeito ao meio ambiente e ao consumidor. O estilo Foroni é o reflexo da experiência no ramo papeleiro há 90 anos e da cultura familiar em fazer bem feito. É empresa também aberta para o mundo, culturas, costumes e pessoas diferentes que inspiram verdadeiramente. Isto leva a desenvolver produtos com conceitos originais e autênticos que encantam consumidores de todas as gerações.

Assim como outras marcas dessa lista, a Foroni tem um compromisso e preocupação com o meio ambiente. Com esta preocupação, nos últimos tempos, todos os produtos foram produzidos com a certificação FSC® (Forest Stewardship Council - Conselho de Manejo Florestal), garantindo que os produtos impressos utilizem apenas matéria prima proveniente de florestas manejadas de forma ambientalmente responsável, cumprindo todas as condições necessárias e as leis vigentes. Muito bacana, né?

Lembro que tive um caderno dos Power Rangers (sim, eu amava muito a série, vocês não tem noção...), também do Homem Aranha e lá por 2005 ou 2006 a Foroni lançou alguns modelos de capa dessas atrações que na época estavam em alta.

Outra linha de cadernos bastante popular são os cadernos de cores (na imagem ao lado) ainda são comercializados e eu até tenho alguns guardados, me faz lembrar os cadernos usados pelos estudantes norte-americanos, os chamados Mead Composition Book.

10. Editora Moderna

No limiar de um novo milênio, editando e distribuindo cultura, isso é a Editora Moderna. A Editora Moderna foi fundada em 22 de outubro de 1968 pelo professor Ricardo Feltre, iniciando suas atividades com a publicação de livros didáticos nas áreas de química e desenho geométrico para o ensino médio.
Em pouco tempo, autores de outras disciplinas vieram diversificar o catálogo da Editora. No ano de 1980 foram lançados os primeiros títulos paradidáticos infanto-juvenis, segmento no qual é líder nos dias de hoje.

A linha de publicações da Editora Moderna pode ser resumida assim:  Didáticos (Títulos para a pré-escola, ensino fundamental, ensino médio e ensino superior, nas áreas de exatas, humanas, biológicas, línguas e outras disciplinas constantes nos programas escolares brasileiros, estando entre as cinco maiores editoras brasileiras nesse segmento.), Ficção (Romances, novelas, contos e crônicas, distribuídos em várias coleções destinadas ao público infantil, juvenil e adulto. Esses livros, de conceituados autores brasileiros, são divulgados principalmente em escolas de todo o país. Completam esse segmento coleções em inglês.) Leituras suplementares de não-ficção (Livros que procuram subsidiar o professor, complementando os assuntos mais importantes tratados pelo livro didático. Questões ambientais, sociais, históricas, filosóficas, geopolíticas e outras importantes discussões da atualidade são apresentadas para o público escolar do ensino fundamental, ensino médio e ensino superior. Incluem-se aí livros destinados a aulas de Língua Inglesa.) Obras estrangeiras (Títulos importados, sobre os mais variados assuntos, destacando-se livros suplementares de não-ficção adequados aos currículos escolares brasileiros, além de obras de referência, atlas, livros infantis e ficção de qualidade mundialmente reconhecida.), entre outros.

Usei boa parte dos livros didáticos da Editora Moderna durante minha infância. O colégio no qual eu frequentei por parte do meu ensino fundamental usava sempre os livros da editora, tanto livros didáticos como paradidáticos. Um no qual eu não me esqueço foi o livro ''Rosa-dos-Ventos'' usado no 3a ano do ensino fundamental lá no ano de 2004. Um ano que eu minha vida mudou radicalmente. Nessa época eu sai do ensino público e parti para um colégio particular que estava anos luz frente ao precário ensino público. Senti muita dificuldade no início, mas consegui crescer lá. Enfim, a Editora continua firme e forte no mercado e talvez até você tenha usado algum material feito por eles.


-

Bem, chego ao final dessa lista satisfeito por recordar essas marcas e os anos pelos quais elas me acompanharam. Ainda faço uso de algumas delas e talvez nem consiga largar mais, é muita memória afetiva envolvida nelas (haha). Bom, vou nessa. Espero que tenham gostado de recordar comigo. Comente se você conhece e também fez uso dessas marcas, vamos recordar nesse post throwback. Fui!

Um comentário:

  1. Post genial e nostálgico. Lembro de todas as marcas e a que mais usava era a Faber Castell e Tilibra.
    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir