Não conte às pessoas mais do que elas precisam saber - O Planeta Alternativo

terça-feira, 12 de março de 2019

Não conte às pessoas mais do que elas precisam saber

Oi pessoal! Estava lendo uns artigos na internet e resolvi compartilhar um aqui que chamou muito minha atenção. Tem muita gente que deturpa a nossa fala. Tem muita gente torcendo contra nossas conquistas. Conte às pessoas, quando muito, o estritamente necessário. Não dá pra ficar falando pelos cotovelos.

Não conte às pessoas mais do que elas precisam saber

Existem pessoas que são extrovertidas e bastante transparentes, pois não conseguem esconder o que sentem, de maneira nenhuma. A gente percebe pela expressão do rosto delas quando estão bem, quando estão felizes, ou quando estão tristes e chateadas. Algumas delas, inclusive, abrem-se e contam como se sentem a quem estiver por perto, pois sentem necessidade de compartilhar o que possuem dentro de si. Isso, porém, nem sempre é bom.

Colocar para fora o que engasga pode ser muito benéfico, uma vez que, à medida que expomos o que incomoda, é como se dividíssemos o peso, que sai um pouco de nossas costas. Além disso, o ouvinte enxerga aquilo tudo de fora, sendo capaz de analisar racionalmente, acalmando-nos. Muitas vezes, ao verbalizar nossos sentimentos, eles podem se tornar menos pesados, menos densos, à medida que vão saindo um pouco de dentro de nós.

Por outro lado, pode haver quem nunca fará bom uso do que souber a respeito de alguém. Algumas pessoas são incapazes de guardar segredo e, pior ainda, deturpam o que sabem e transmitem aquilo de uma forma negativa e descontextualizada, para simplesmente sujar a imagem do outro. Jamais teremos certeza absoluta sobre todo mundo, sobre as reais intenções de quem se aproxima de nós, pois é preciso muito tempo para conhecer minimamente alguém.

Alguns indivíduos perguntam sobre nossa com o mero intuito de obter munição a ser usada de forma distorcida e cruel. Da mesma forma, há quem não queira nem pensar em ajudar, apenas tem curiosidade, apenas é enxerido e vive se metendo onde não é chamado. O mundo anda por demais superficial e materialista, portanto, nossos sentimentos devem ser preservados e não expostos a qualquer um.

Temos, portanto, que tomar muito cuidado com nossos sentimentos, pois eles são preciosos, são tesouros, que não merecem ser violados pela maldade e pela falsidade de quem não sabe fazer nada mais do que destruir tudo o que toca. E tem muita gente torcendo contra nossas conquistas. Não conte às pessoas mais do que elas precisam saber. Na verdade, a maioria delas não tem que saber nada sobre nós.

Via ContiOutra.com

11 comentários:

  1. Completamente de acordo com o texto, k postaste.
    Abraços e boa semana, Walter!

    ResponderExcluir
  2. Ultimamente esse tem sido o meu lema, e acredita, é bem verdade!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  3. Boa reflexão.
    Boa semana pra você.

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  4. Eu costumo ser muito aberta em relação ao que faço e ao que pretendo fazer. Faço-o sem maldade, apenas porque gosto de partilhar com quem mais estimo. Mas, realmente, às vezes penso que o melhor seria não o fazer. Estamos sempre sujeitos a inveja, mesmo daqueles que aparentemente nos querem bem. Tenho de trabalhar essa parte de falar demais em mim!

    r. Quanto ao meu último post, o rapaz em questão não me conhecia assim tão bem para "gostar" de mim. Ele só queria que eu saísse com ele e tudo mais. Mas como eu lhe disse que não, ele fez um drama e tentou voltar a situação.. com citações filosóficas hahah

    ResponderExcluir
  5. As três perguntas que devemos fazer a nós próprios:

    1 - É preciso dizer isto?
    2 - É preciso dizer isto agora?
    3 - Tenho que ser mesmo eu a dizer?

    Só com três repostas positivas devemos avançar.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Waleterlan.
    Essa é uma lição que já aprendi faz tempo. Se é coisa boa conto só para quem me apoia e se é coisa ruim conto para quem vai me ajudar em oração.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Eu sou uma pessoa que guardo muita coisa apenas pra mim, até pode dar impressão de que conto tudo pra todo mundo, mas eu sou bem fechada.
    Ás vezes isso é bom, outras vezes nem tanto...
    Esses dias vi um vídeo da Thays Lessa falando sobre fofoca, e sobre como a preocupação vem disfarçada de curiosidade. Nunca tinha pensado nisso e achei bem interessante refletir.
    Ótimo post, parabéns!

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Walterlan
    Gostei muito do seu texto. Realmente, temos que tomar cuidado com o que dizemos e para quem dizemos, para correr o risco de não sofrer com isso no futuro.
    Apesar de eu achar que minhas expressões são bem transparentes, não costumo falar muito com as pessoas sobre a minha vida e sentimentos. Na verdade, acho que esse é o meu problema, não conseguir me abrir e falar mais (é claro que, com alguém mais próximo e de confiança).

    Beijos!!
    ABOBRINHA COM CHOCOLATE

    ResponderExcluir
  9. De fato precisamos ter cuidado com as pessoas e pra quem contamos nossas conquistas e segredos. Eu acabo contando muita coisa da minha vida pra pessoas que não farão bom uso da informação e me arrependo depois, tenho tentado mudar.

    Iasmin Guimarães | E agora?

    ResponderExcluir
  10. Hey Walter! Tudo bem?
    Nossa, estava pensando sobre isso esses dias. Que no meu antigo emprego passei por uma situação em que alguns que se diziam colegas não queriam ver o meu melhor e distorciam muitas coisas do que eu dizia em prol disso. Consegui me livrar, mudei de local de trabalho. Mas isso vamos passar em qualquer lugar, o negócio é ter mesmo cuidado com o que falamos e pra quem falamos.
    Obrigada por comentar lá no blog.
    Volte sempre!

    | Blog Misto Quente | Siga no Instagram | Curta no Facebook |

    ResponderExcluir