Dizem por aí... #8: Corrupção - O Planeta Alternativo: Um pouco disso, um pouco daquilo – e muita música!

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Dizem por aí... #8: Corrupção

Em tempos de eleições, onde diversos candidatos mostram para que veio, surge uma palavra polêmica em que muitos estão envolvidos: corrupção. Há muito tempo se fala de desvios de verbas públicas, da corrupção de políticos, da lavagem de dinheiro, do pagamento de propinas, do abuso de poder, dentre outros. Quero dizer que isso não se limita apenas no cenário político, mas em todo o ambiente, em todos os setores possíveis do nosso Brasil a corrupção impera (pois é, infelizmente). Há muitos casos de corrupção considerados 'menores'. Esses, envolvem os próprios cidadãos, como por exemplo: a sonegação de impostos, o suborno de autoridades, etc.

Dizem por aí... #8: Corrupção

A corrupção é crime. Saiba mais do que dizem por aí...

A vaidade é um princípio de corrupção.

Machado de Assis

A corrupção dos governantes quase sempre começa com a corrupção dos seus princípios.

Barão de Montesquieu

Ladrão julgando ladrão, 500 anos de corrupção.

Renato Araújo

Quanto mais corrupção, mais injustiça. Quanto mais injustiça, mais impunidade. Quanto mais impunidade, mais violência. Quanto mais violência, menos felicidade.

Renée Venâncio

Não existe democracia onde impera a corrupção, a injustiça, a mentira e a hipocrisia.

Mauro Roberto

A população lincha o rato de praia, mas perdoa o corrupto com a desculpa: 'ele rouba mas faz'.

Gabriel, O Pensador

-

Quando o governo não tem transparência em sua administração é mais provável que haja ou que incentive essa prática, não existe país com corrupção zero, embora os países ricos democráticos tenham menos corrupção, porque sua população é mais esclarecida acerca dos seus direitos, sendo assim mais difíceis de enganar.

Atualmente existe uma organização internacional que tem como finalidade desenvolver pesquisas nos países para “medir” o nível de corrupção. A partir da pesquisa é feita uma classificação de acordo com a nota que vai de 0 a 10. Alguns dados revelam que o primeiro lugar com nota 9,7, que corresponde à margem de confiança, é a Finlândia; e o Brasil ocupa 54° com nota 3,9, margem de confiança 37-41% (e eu imaginava que o Brasil figurava entre o TOP 10).

Seja como for, a corrupção se instaurou em nossa sociedade. As vezes sinto muito raiva e desgosto pela atual situação do meu país. Onde cada vez mais se descobre escândalos de corrupção, desvio de verbas e entre outras coisas. Enquanto isso, a população se mata todos os dias para receber uma mixaria no final do mês. Um presidente que está preso lidera na pesquisa de intenção de votos. Parece surreal, mas é a verdade, a triste verdade. É preciso que a população tenha a consciência de que a corrupção produz pobreza e impede o desenvolvimento do país. Se questionarmos o que falta para o Brasil tornar-se uma potência mundial, diríamos que a resposta está na política com moral, ética e um povo educado e consciente. 

5 comentários:

  1. O pior de tudo é que a corrupção já vem de muito antes e as pessoas não enxergam isso.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Olá, Walter!

    Tudo bem? Não esqueças de ir votar, amanhã, em consciência. Eu estarei atenta todo o dia às eleições daí através da televisão.

    Por aqui, tudo normal, calor, ainda mto, mas sem termos nota 10, politicamente, pke os países do Norte da Europa são os melhores em quase tudo, devemos ter 7/8, o k é mto bom para nós. Segurança, qto baste, e gente, em geral, k não vive abaixo do limiar da pobreza. O governo daqui é de esquerda, mas não tem feito mto onda, contudo as manifestações, sobretudo dos professores, têm sido uma realidade. Nós temos razão. Ele, 1º ministro atual, prometeu descongelar carreiras, repor os aumentos salariais anteriores, mas agora diz que economicamente isso é impossível, seja para k governo for. E ele tem razão, mas então, que não fizesse promessas, que não poderia de todo cumprir.

    Eu sou Professora, mas nunca fiz greve, nem uma vez sequer. As pessoas têm de se entender de outro jeito e ir à escola cumprir nosso horário e não dar aula, seria uma hipótese. Politicamente, sou de direita e se fosse brasileira, votaria em Jair Bolsonaro, sem qualquer receio. O Brasil tem de entrar nos eixos, nem que sejam precisos um puxões de orelha. Sou a favor da pena de morte, em casos extremos e de muitas medidas desse candidato. Ele só peca por não saber dizer as coisas com calmma, mas ele foi militar, o k explica, de imediato, a sua forma de ser.

    O Brasil é um continente, mas tem um SUS vergonhoso, há gente mto pobre e outros mtos ricos, mas esses até têm de entrar em casa de jato privado, que poisa no telhado do edifício. Que tristeza! A insegurança é brutal e S. Paulo é a 2ªcidade mais violenta do mundo. HÁ QUE MUDAR ESSE BRASIL, nem k seja pela lei da força.

    A corrupção é a cereja no topo do bolo. Há formas de a combater, não divides.

    Li todas as frases e gostei mto da de René Venâncio. Teu estado é de paz? Não te enganes ao votar, pke aquilo é mega complicado. Para Governador e Presidente dois quadrinhos, k levam dois números.

    Tu és jovem e sabes raciocinar. Não te assustes qdo te falarem em ditaduras. Bem sabes o k se está passando na Venezuela, mas Maduro parece k não está caindo de podre, está é fazendo o povo venezuelano morrer.

    Jair Bolsonaro não pretende implantar o Fascismo no Brasil, até pke historicamente isso é impossível. A comunicação social, a ligação entre os países não permitiriam uma coisa dessas. Vivermos no século XXI, não esqueças, mas é preciso ORDEM, SERIEDADE E PROGRESSO.

    Beijos e um bom e calmo domingo.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Walterlan.
    O ruim é que o povo acha que corrupção é só na politica, esquecem que todo o "jeitinho" brasileiro é uma forma de corrupção.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Muito bom o post. Diria que a corrupção está nas pequenas coisas.
    Boa semana!
    Te nomeei para uma tag. Depois dê uma olhada.

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir