O Que Há de Novo em Séries #11: Dark - O Planeta Alternativo: Um pouco disso, um pouco daquilo – e muita música!

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

O Que Há de Novo em Séries #11: Dark

Você já foi pego com aquele pensamento de que pareceu estar repetindo situações, traumas e eventos já antes vivenciados enquanto fazia alguma coisa? Já aconteceu algumas vezes comigo. É como se já tivéssemos vivido aquele momento, só não sabemos como. Depois de alguns meses na minha lista de séries pra assistir, separei as férias de julho pra conferir Dark, depois que um amigo recomendou assistir. Bom, acho que foi uma das séries bem diferentes que assisti nos últimos anos e posso dizer que gostei muito.

Aparentemente é uma série complexa e confusa, principalmente em seus três primeiros episódios, o que faz muita gente desistir. Não vou mentir, a principio achei a série arrastada. Mas no decorrer dos episódios vai se criando um clima de tensão e mistério em torno do desaparecimento de um garoto chamado Mikkel. É aí que a série consegue decolar e realmente prender o espectador. Passamos a entender o que realmente se passa. É uma trama muito boa e só perde quem não dá uma chance.

Dark

A história é centrada no desaparecimento de duas crianças na pequena cidade de Winden, na Alemanha. No entanto, a grande reviravolta não gira em torno de quem sequestrou a crianças ou como, mas sim de quando isso aconteceu. Temos quatro famílias (os Kahwald, os Tiedeman, os Nielsen e os Doppler), a série faz questão de que seus sujeitos sejam pessoas frias, sem emoção em termos de motivação e personalidade, pois estão todos mergulhados na angústia de viver na cidade Winden sendo parte de algo que sentem ser importante e grande, mas não compreendem (assim como nós, à princípio).

A trama é ambientada em três épocas – 1953 • 1986 • 2019 – não coincidentemente separadas por 33 anos entre si. Coincidência, inclusive, é algo que não existe na cidade de Winden e logo descobrimos que tudo e todos estão “interligados” pelos relacionamentos, traumas, tragédias, acontecimentos e, é claro, segredos. O tempo, como a própria série faz questão de martelar, é o que liga tudo.

Dark é uma produção alemã original da Netflix. E diferente do estilo das séries norte-americanas, a série se desenrola com cadência e um cuidado, o que pode deixar o espectador de ocasião perdido em meio aos conceitos e revelações que são apresentados desde o 1º episódio. Mas como disse, perde é quem não dá uma chance. Preciso mencionar também a fotografia da série que é incrível. Enfim, Dark mostra que existe muito mais coisa a ser explorada fora desse meio televisivo EUA/Reino Unido. Recomendo!

10 comentários:

  1. Olá, Walter!

    Tudo bem? Eu, razoavelmente.

    Esse post é de Maio. Estarei eu no lugar certo? Caso não esteja, me diz, por favor!

    Sim, tb, já aconteceu comigo.

    Embora não goste mto de filmes confusos e complicados, me parece k o desaparecimento de crianças e quais as causas desse acontecimento, sempre nos interessam.

    Grata por tua visita e tão completo comentário. Até falaste da música -rs!

    Beijinho e dias bem felizes.

    ResponderExcluir
  2. oi Walter!

    Desculpa minha afirmação. Estava lendo a data ao contrário. Esse post é de hoje, dia 5 de setembro!

    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  3. Adoro essa série, ela e é diferente de tudo o que estamos acostumados a assistir, estou ansiosa para a segunda temporada.

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Se eu bem me recordo eu já ouvi falar sobre está serie mais não assisti.
    Apesar de nao fazer o meu estilo,é uma boa pedida para quem gosta.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ando um bocado desactualizado em matéria de séries televisivas.
    Tenho que me pôr em dia.
    Aquele abraço

    ResponderExcluir

  6. Thanks for sharing such great post great blog ..... keep updating !!
    Portronics power bank 20000mah

    ResponderExcluir
  7. Já vi muitas pessoas falando bem sobre esse seriado, dizem que lembra um pouco Stranger Things né? Eu adoro Stranger Things hehe <3
    Achei bem interessante, fiquei com vontade de assistir. Quando tiver um, tempinho vou ver :)

    Ah, obrigada pelo comentário lá no blog. Mesmo! ♥

    https://heyimwiththeband.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Parece ser uma série confusa, mas incrível ao mesmo tempo.
    Bom restante de semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  9. Olá, Walterlan.
    Eu assisti essa série assim que saiu na Netflix e amei. No começo é bem confuso mesmo, mas conforme vamos descobrindo as coisas a gente não consegue largar. Espero ansiosa pela segunda temporada.

    Prefácio

    ResponderExcluir