Livro: “Caixa de Pássaros” de Josh Malerman - O Planeta Alternativo: Um pouco disso, um pouco daquilo – e muita música!

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Livro: “Caixa de Pássaros” de Josh Malerman

Eletrizante, bizarro, tenso e envolvente. É assim que começo o post falando do livro ''Caixa de Pássaros'' romance apocalíptico do estreante Josh Malerman. Depois da recomendação de meu primo Marcos, comecei a ler e não parei mais. Foi publicado originalmente em 2014 nos Estados Unidos. Em 2015 chega ao Brasil, pela Editora Intrínseca.

Bird Box

A leitura do livro leva ao medo, mas um medo psicológico. Basta uma olhar para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.

Durante a leitura dos capítulos podemos perceber que presenciamos alternadamente passado e presente, dessa forma descobrimos o que fez com que o mundo enlouquecesse de tal maneira.

Tudo que se sabe é que as pessoas viam algo, enlouqueciam, matavam as pessoas ao seu redor e por fim suicidavam-se. Mas ninguém sabe o que é o ''a coisa'' ou se é apenas o fato de olhar que desencadeia essas ações. A única certeza da nossa protagonista, a Malorie, é que ela não vai desistir tão fácil.

Um dos meus personagens favoritos, além de Malorie, foi o Tom, que a ajudou e tinha um espírito de liderança, sempre disposto a ajudar, até quem batesse a porta da casa que eles se refugiaram. Percebemos um clima de afeto de Tom para Malorie e vice-versa. Ele poderia ser melhor aproveitado no final do livro.

Enfim, depois de terminar de ler comecei a refletir um pouco sobre toda a história e vi que faltaram alguns pontos a serem explicados melhor. Talvez a intenção do autor foi justamente essa, mas, para mim enquanto leitor ficaram faltando algumas explicações e desfechos. Enfim, o livro tem uma história muito fluida e que nos deixa super curiosos. Alguns momentos foram bastante tensos, na riqueza de detalhes de algumas situações. Recomendo a leitura a todos e muito quem gosta do gênero.

Ah e como uma boa história é, a Netflix já está preparando sua adaptação. Sandra Bullock foi escalada para interpretar Malorie. E tem até John Malkovich no elenco, analisando o perfil dele como ator, bem capaz de interpretar o Gary (outro personagem do livro, que faz a principio a gente ter pena e logo depois odiar). Bem, pelo que andei lendo será em dezembro o lançamento. Então vamos aguardar.


''Sempre supus que o fim viria da nossa própria estupidez''.

Nenhum comentário:

Postar um comentário