Séries Que Ficam Na Memória: Freaks and Geeks

Oi pessoal! Mais um Séries que ficam na Memória. Sempre tinha ouvido falar de Freaks and Geeks, mas nunca tive realmente a oportunidade de acompanhar. Pois bem, a série até então estava no catálogo da Netflix e foi aí que aproveitei para acompanhar e acabar me viciando na série, seja pelos seus personagens carismáticos, assim como pela sua trilha sonora com direito a Lynyrd Skynyrd (que já apareceu tocando aqui pelo blog). Então, hoje apresento uma memorável série de TV injustiçada, chamada: Freaks and Geeks

Freak and Geeks

Para quem não conhece, Freaks and Geeks gira em torno da adolescente Lindsay (Linda Cardellini) e seu irmão Sam (John Francis Daley), que frequentam uma escola nos anos 80. Lindsay começa a fazer parte de um grupo de burnouts (os “freaks”), e Sam já frequenta outro universo com seus amigos, todos nerds (os “geeks”). Ao ser abalada pela morte da avó, Lindsay perde alguns hábitos e ganha outros fazendo novos amigos, considerados ‘freaks’. Este novo estilo de vida de Lindsay traz conflitos com os seus pais.

Não tem como falar de “Freaks and Geeks” sem mencionar sua trilha sonora cheia de clássicos dos anos 1980, a maioria rock, que fizeram parte da história e aventuras dos protagonistas. As atuações dos novatos são irretocáveis para abordar a temática jovem que se diferenciava de outros programas para o publico na época.

Os episódios tinham forte apelo comportamental, que abordavam questões juvenis sobre sexo, drogas, relacionamentos, costumes e inadequação - tudo permeado pelo espírito rock & roll da década anterior. Divididos em dois grupos, os freaks eram os chapados e arruaceiros que matavam aula para fumar, encher a cara e vadiar.

Os geeks eram os nerds desengonçados que tinham problemas em lidar com a pressão de crescer e aparecer em público. No meio dos dois lados está a personagem, Lindsay, que se esforçava para ser aceita pela turma do fundão mas não conseguia esconder a faceta CDF.

A série teve sua estreia em 1999 pela NBC, mas durou apenas 1 temporada. Foi responsável por lançar nomes importantes como James Franco, Seth Rogen e Jason Segel.

Seu cancelamento foi motivo de indignação, mas pelo pouco tempo que passou no ar a série deixou sua marca. O seu legado está transmitido na sua presença em inúmeras listas de “Maiores Séries de Televisão de Todos os Tempos”, arrebatando um terceiro lugar na lista de “Maiores Séries de Televisão dos Anos 2000”, da revista Time. Também está posicionada, dessa vez em primeiro lugar, na lista de “60 Programas Cancelados Cedo Demais” da revista TV Guide. Freaks and Geeks é afinal uma série excepcionalmente bem escrita, que traz uma comédia afiada, dramas de alto nível, personagens inesquecíveis e uma trilha sonora digna de aplausos. Mesmo seu fim prematuro, nem mesmo bullys malvados irão tirar esses méritos.



Sua abertura é embalada por “Bad Reputation” de Joan Jett, mostrava um pouco dos grupos escolares.

Uma novidade para nós fãs da série é que agora em 2018 a série vai ganhar um documentário. O ator Samm Levine, que interpretou Neal Schweiber na série, confirmou em sua conta oficial do Twitter, sem ainda uma data oficial para o lançamento. Vamos aguardar.

Infelizmente a série está de saída do catálogo da Netflix, mas quem sabe retorne? Tenho certeza que você, assim como eu, irá gostar dos 18 episódios que a série teve. Fico por aqui, um abraço.

3 comentários

  1. Amazing post...thanku for sharing this lovely post with us....we are waiting for your another write up..

    Always wear the best clothing accessory like classy caps.
    visit us:- Customized caps Online

    ResponderExcluir

Siga no Instagram